Saiba se você precisa fazer enxerto ósseo!

Após a perda dos dentes, acontece um processo conhecido como ” atrofia óssea¨, uma diminuição progressiva do volume ósseo. Essa perda pode ocorrer tanto na espessura como na altura do osso maxilar.

Com pouco volume ósseo não é possível fixar os ¨pinos¨e, assim, realizar os implantes dentários. Um dos requisitos mais importantes para se obter sucesso com implantes dentários é a existência de uma quantidade suficiente de osso saudável no local receptor.

Enxerto Ósseo

Enxerto Ósseo

Enxertos ósseos são necessários quando pacientes não possuem estrutura óssea adequada para receber implantes dentários. Isso é necessário sempre que um dente é perdido e o osso que se encontrava ao redor do dente é reabsorvido, esse processo de reabsorção óssea ou atrofia, deixa o osso progressivamente mais fino tornando a colocação do implante quase que impossível. Existem casos que estes dentes foram perdidos há muitos anos, o que torna necessário a realização de um procedimento para recriar o osso perdido, denominado de enxerto ósseo..

O que é o enxerto ósseo na odontologia?

O enxerto ósseo é uma massa óssea que pode ser adquirida a partir do próprio osso do paciente, de bancos de ossos ou, até mesmo, serem artificiais.

Com isso, o profissional é capaz de fazer o osso “ganhar” volume suficiente para a realização do implante dental. Quando realizado por profissionais experientes, esse procedimento é considerado rotineiro.

 

A segurança do enxerto ósseo dental

Hoje podemos afirmar que pelos resultados apresentados pelo enxerto ósseo, começou a ser indicada também para os pacientes com atrofia óssea severa de maxila com o objetivo de instalar próteses fixas.

Como toda nova técnica, existe um momento de euforia e, depois, de equilíibrio para indicá-la nos casos adequados. O equilíbrio surgiu na década de 90, momento em que se conseguiu identificar as melhores indicações para a técnica de enxerto ósseo.

Portanto, na maioria dos casos, os melhores resultados alcançados para se tratar maxilas atróficas (maxilas sem altura ou largura suficiente para a realização de implantes devido à perda óssea) ainda são através de enxertos ósseos em conjunto com o tratamento de implantes dentários.